18/01/2013

Bike Rio

As belezas naturais da cidade do Rio de Janeiro são inegáveis e poder desfrutar das diversas paisagens pedalando, não tem preço. Ou melhor, tem preço se você quiser utilizar o sistema de transporte de curta distância da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Em recente viagem conferi a iniciativa. Fui até a estação 04, no Posto 06 de Copacabana, pois era a mais próxima ao hotel. Porém, não havia nenhuma disponível. Caminhei alguns metros e cheguei até a estação 25 no Arpoador. Nesta, várias disponíveis.
Foto: Luciana Machado

Liguei para o número que consta no totem informativo e realizei os procedimentos. As informações são passadas através de uma gravação. Você escolhe se quer pagar a diária R$5,00 ou a mensalidade R$10,00 (para o passe mensal é preciso cadastro no site). Faz o pagamento através do cartão de crédito e com a transação autorizada (uma mensagem é enviada ao celular cadastrado) você faz uma nova ligação, digita o número da estação e o número da posição da bike que escolheu. E pronto! Ela é destravada e você pode pedalar por uma hora. Após este período você faz um intervalo de 15 minutos, deixando sua bike em uma das estações. Um mapa nos totens informativos mostra todos os pontos de aluguel da cidade. No site bikerio você pode ter todos os detalhes de aquisição dos passes, funcionamento do sistema e entender o motivo dos intervalos de 15 minutos.

Percebam que para utilizar o serviço você precisa ter certa familiaridade com informática, compras online, celular e ter cartão de crédito em mãos.
Foto: Luciana Machado

As bicicletas possuem marcha, cestinha, buzina e a cor do patrocinador do sistema.
Não conversei com nenhum morador sobre este projeto, apenas com turistas que faziam uso como eu. Logo, não sei se funciona para os moradores, mas para mim foi uma experiência impar.
Foto: Luciana Machado

No trajeto pude confirmar a eficiência da ciclovia. Segura, bem sinalizada e com separação física entre espaço de pedestres e automóveis. Na orla, senti falta de um percurso mais arborizado, pois mesmo em dias nublados a exposição à radiação solar é intensa.
Foto: Luciana Machado

Mais informações:

http://www.mobilicidade.com.br/bikerio.asp