Searching...
15/08/11

15/08/11

Calçada Ecológica

Há pouco tempo uma jornalista me pediu para definir o que seria uma calçada ecológica. Posto aqui o relato sucinto que passei a ela.

Usualmente o mercado denomina como calçada ecológica os passeios construídos com pisos drenantes. Estes pisos podem ser de material permeável ou impermeável, geralmente assentados diretamente no solo. Quando impermeáveis, são assentados com espaçamento que permite o crescimento de plantas e a drenagem natural das águas pluviais e ocasionais.

No meio urbano o predomínio de pisos impermeáveis provoca distorções nos fluxos de água das bacias hidrográficas. Superfícies de concreto e asfalto no exterior são fáceis de lavar, mas não colaboram com a conexão das pessoas com o lugar nem com a permeabilidade do solo. Neste sentido, é importante impermeabilizar minimamente os espaços externos para que as águas penetrem no solo e recarreguem os lençóis freáticos. A adoção destas técnicas alternativas de drenagem natural em passeios públicos contribui para a redução da sobrecarga nas redes coletoras, diminuindo o risco de enchentes, e caracterizando as denominadas calçadas ecológicas.

http://parquessustentaveis.blogspot.com/2011_07_23_archive.html
Conjugadas a estes pisos, as faixas ajardinadas, além de contribuir para a drenagem pluvial, podem ajudar a combater a destruição do microclima resultante da impermeabilidade e do efeito térmico em pavimentos de concreto ou asfalto. As faixas ajardinadas devem obedecer às normas técnicas de acessibilidade urbana e utilizar  espécies que não danifiquem as redes de água e energia.

Lembrando que para se enquadrar como ecológico é preciso utilizar produtos cujos processos de extração de matérias primas, beneficiamento, produção, armazenamento e transporte causem o menor índice de danos ao meio ambiente e estejam baseados em condições dignas aos trabalhadores.


1 comentários :

Ariádina Corrêa disse...

Precisamos tornar o uso desses sistemas uma regra em nossas cidades e não uma exceção.