07/11/2010

Resíduo Orgânico

Composteira Elétrica


Meus argumentos sobre a importância da redução dos resíduos orgânicos nos lixões nunca foram suficientes para convencer uma só pessoa a ter uma composteira em casa. Quiçá um minhocário! 

Confesso isto sem constrangimento, mas com pesar. Entendo as razões por não tê-los, mas insatisfeita com esta realidade, e certa de que a aparência e o manuseio são agravantes para o dado negativo, fui à procura de algo menos primitivo[1]!

Em uma breve pesquisa na internet, eis que encontro esta belezinha!



A composteira é fabricada pela Naturemill, na Califórnia – EUA. No site da Empresa é possível ver o funcionamento através de vídeos. O produto possui baixo consumo de energia e o composto (adubo) fica pronto em duas semanas. Inteiramente automática, possui filtro de carbono que remove os odores.



É ou não tentador adquirir este produto?


Infelizmente não é produzida no Brasil e ainda não encontrei nada semelhante aqui, Provavelmente os impostos e custos para envio do produto funcionarão como um balde de água fria no meu entusiasmo, mas buscarei informações e assim que tiver novidades postarei aqui.

Mais informações no site: http://www.naturemill.com/




[1] o termo primitivo não foi empregado para desfazer as composteiras tradicionais, tão eficientes e necessárias, mas apenas para enfatizar o raciocínio embutido na recusa por elas.